Carina Freitas nasceu no Funchal, a 18 de Agosto de 1976, no seio de uma família com tradição musical.

 

A 1ª participação em Festivais ocorreu em 1985, no IVº Festival da Canção Infantil da Madeira, sob a orientação do Maestro João Atanásio.

 

Durante a adolescência frequentou o Conservatório de Música da Madeira e pertenceu ao Grupo de Guitarras da Direcção Regional da Juventude.


Entre 1994 e 2000 viveu no Porto, estudando na Faculdade de Medicina do Porto e integrou a classe dos sopranos do Coro Clássico do Orfeão Universitário do Porto, sob a orientação do Maestro Mário Mateus. Também foi uma das fundadoras da Tuna Universitária Cluny pertencente ao Lar Universitário S. José de Cluny.


De regresso à Madeira (2001-2002) realizou o Internato Geral Médico no Centro Hospitalar do Funchal.

 

Entre 2003 e Maio de 2008 viveu em Lisboa, prosseguindo a sua formação médica, especializando-se em Psiquiatria da Infância e da Adolescência, no Hospital de Dona Estefânia.

Complementou a sua formação com um Mestrado em Neurociências pela Faculdade de Medicina de Lisboa.

 

Foi aluna de canto da professora Maria Cristina de Castro.


Entre 1999 e 2005, foi presença assídua do Festival Internacional da Canção do Faial – Vozes do Atlântico, onde participou como autora, compositora e, sempre que possível, como intérprete.


Pertence à Sociedade Portuguesa de Autores desde 1999 e é Membro da SOPEAM - Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos desde 2002.

 

Actualmente exerce actividade clínica no Serviço de Pedopsiquiatria do Hospital Central do Funchal.

 

Regressou ao Conservatório de Música da Madeira, onde estuda canto.